domingo, 25 de maio de 2008

Professores do Pará em Greve a 1 mês. Luta por melhorias na educação!

Os Professores do Estado do Pará completaram um mês de Greve. A greve dos profissionais em educação começou no dia 24 de abril. E ainda não terminou. Neste período de mobilizações e muita luta, enfrentaram a violência do Estado e da Polícia. A luta se mantém. O sonho de uma educação pública gratuita, de qualidade, e com acesso para todos continua viva!

Greve - De acordo com o comando do movimento, 95% das escolas estaduais da região metropolitana de Belém estão sem aula. Outras localizadas em 71 municípios também não funcionam. Hoje o município de Santana do Araguaia, aderiu ao movimento, segundo o Sintep. Ao todo, de acordo com estimativa do sindicato, pelo menos 600 mil alunos estão sem aula.

Reivindicações- A categoria exige 30% de reajuste e vale-alimentação de R$ 400, mas na última negociação o Governo ofereceu reajuste de 6,5% e vale-alimentação de R$ 100 para servidores de nível superior e aumento de 9,2% para os de nível médio e 10,7% para o fundamental, com vale-alimentação de R$ 50.

Os professores têm ainda uma pauta social, que inluciu exigências como melhores condições de trabalho, reforma nas escolas e mais segurança.


Todo apoio à luta dos Professores Paraenses.
Só a Luta muda a Educação Pública!!!
Só a Educação muda a Vida!!!

Um comentário:

JoãoMaria Andarilho Utópico disse...

Que me desculpe, Skinner, Piagrt, Vigotsky, Montessorri até mesmo Emilia Ferreiro, ma ssou fã de paulo freire. No mundo todo são mais de 200 centros sobre nosso maior tesouro. Obrigado por postar isto. Muito muito obrigado.